Gestão Pública


A modernização da Gestão Pública cada vez mais necessária, tem uma crescente demanda de profissionais bem preparados para a Gestão Pública, focados em resultados e conscientes de sua responsabilidade frente a seus clientes internos e externos. Assim, a  RAZÃO HUMANA quer consolidar esta Unidade de Negócios para Consultoria, Treinamento e Desenvolvimento, partindo de sua experiência em Gestão Pública.

 

Podendo assim, educar, formar e desenvolver profissionais nas competências necessárias para um desempenho de alta performance na Gestão Pública.

 

Os programas de formação e desenvolvimento serão estruturados a partir das necessidades da Gestão Pública , com sólida base conceitual e essencialmente práticos, sempre com foco nos resultados. Os eixos norteadores serão o técnico (aspectos metodológicos e instrumentais) e o comportamental (ênfase nas funções de liderança).

 

Para atender às diferentes demandas os projetos serão personalizados, conforme a realidade de cada empresa Pública, respeitando os seus valores e cultura.

 

CERTIFICAÇÃO

 

Os participantes receberão certificados na conclusão de cada programa de Gestão Pública.

 

DIFERENCIAIS

 

  • 11 anos de existência com resultados consolidados
  • ter consultores com reconhecimento de mercado
  • conhecer as reais necessidades da Gestão Pública
  • associar teoria com prática, resultando em aplicabilidade imediata.

 

METODOLOGIA

 

Os Treinamentos Comportamentais, Atitudinais e Técnicos de T&D, na Razão Humana possuem abordagens diferenciadas agregando valor ao processo de aprendizagem e desenvolvimento do capital intelectual, à medida, em que a expertise dos programas experienciais, subsidiam a aplicabilidade dos conteúdos conceituais, cases, filmes, dinâmicas de grupo e jogos em sala.

 

Nossa metodologia desperta nos participantes maior comprometimento e resultados.

 

EQUIPE DE CONSULTORES

 

Nossa equipe de Consultores composta por mais de 50 profissionais com larga experiências organizacional adquiridas ao longo dos anos nos diversos cargos exercidos, principalmente na alta direção.

 

Tais conhecimentos somados a mais de 16 anos de atuação como Consultores em diversos projetos para Gestão Pública, nos permitem apresentar idéias e soluções inovadoras nas áreas em que atuamos.

Equilíbrio Financeiro Familiar


Equilíbrio Financeiro Familiar permite que a família não gaste além das posses e aprenda a importância do planejamento. 

 

OBJETIVOS

 

  • Garantir que os participantes entendam a importância do Equilíbrio Financeiro Familiar
  • Proporcionar aos treinandos conhecimentos que elevem o seu nível de consciência sobre a importância da saúde financeira.
  • Promover a prática do Orçamento Doméstico
  • Orientar os treinandos para o relacionamento com a oferta de crédito.

 

 

Programa

 

– Leis dinâmicas da prosperidade

  • Qualquer pessoa pode conseguir sua independência financeira
  • Visualize a sua independência financeira
  • Ressentimento e medo provocam dívidas.

 

– O patrimônio pessoal

  • Patrimônio e Endividamento
  • Custos x Investimentos
  • Façam tudo por escrito
  • Conheça os seus números
  • Elimine suas dívidas.

 

– O relacionamento com os bancos e financeiras

  • A avalanche dos juros
  • A compra da casa própria
  • A compra do carro
  • A utilização de cartões de crédito.

 

– O orçamento doméstico

  • Orçamento das entradas (receitas)
  • Orçamento das saídas (despesas)
  • Controle: orçado x realizado
  • Planejando com a família

 

– Qualidade de vida e dinheiro

  • As 7 saúdes
  • O velho paradigma
  • Identificando o seu modelo de dinheiro
  • Cuide de sua saúde financeira
  • Equilíbrio Financeiro Familiar

 

 

Metodologia  

 

  •  Preleções expositivas e dialogadas
  •  Abordagem vivencial: dinâmicas de grupo, estudo de casos e realização de exercícios individuais e/ou em grupo.

 

 

Observação

 

– É desejável a utilização de uma calculadora simples.

 

Carga Horária: 8 horas

Excelência no Atendimento ao cidadão na Gestão Pública: capacitação seletiva


A excelência no atendimento ao cidadão na Gestão Pública, facilita a obtenção de resultados.

 

OBJETIVO GERAL

 

Despertar, sensibilizar e instrumentalizar o participante para a importância da Qualidade no Atendimento ao Cidadão.

 

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

 

1)   Selecionar um grupo de Servidores que atuarão como Atendentes em praças de atendimento ao cidadão ou demais locais designados;

2)  Desenvolver a competência Relacionamento Interpessoal com clientes internos e externos, numa visão de excelência no atendimento.

 

Excelência no Atendimento ao cidadão: 

 

O programa é seletivo, ou seja, durante as 32 (trinta e duas) horas de capacitação, o treinando é avaliado pelo consultor que conduz a turma. Tal avaliação afere atributos como:  disposição, iniciativa, flexibilidade, habilidade para negociar posições e situações, liderança, comunicação, empatia, relacionamento interpessoal, postura profissional, ética, apresentação pessoal, entre outras competências e habilidades.

Concluídas as 32 (trinta e duas) horas de capacitação, os treinandos  passam por entrevistas individuais com o consultor que conduziu a mesma. O consultor atribui uma nota definitiva para a promoção do candidato ao processo ou contra indicação do mesmo.

 

PROGRAMA

 

– Excelência no Atendimento ao cidadão 

 

  • Alternativas e opções de serviços como diferencial no atendimento ao Servidor
  • O papel do gestor das equipes de atendimento ao público: novas exigências e novas competências

 

– Conhecimentos sobre o Serviço Público prestado

 

  •  Produtos e serviços
  • Pessoal responsável
  • Normas e procedimentos
  • Atendimento telefônico: dê um alô para esse recurso
  • As técnicas de atendimento ao Servidor: determinante para o sucesso do atendimento

 

– Habilidades para um excelente atendimento

 

  • Saber ouvir, mesmo sob pressão: a Comunicação Interpessoal existente na situação de atendimento
  • Atendimento pessoal ao Servidor: a força do Feedback
  • Lidando assertivamente com os conflitos e usuários difíceis
  • A Inteligência Emocional: determinante para relacionamentos equilibrados e de qualidade

 

– Organização do ambiente de trabalho

  • Postura profissional
  • Aparência pessoal
  • Senso de responsabilidade
  • Ética no atendimento ao Servidor

 

METODOLOGIA

 

  • Exposição com participação da sala
  • Dinâmicas de grupo
  • Exercícios simulados
  • Processamento de filme (s)

 

 

CARGA HORÁRIA: 32 horas.

Desenvolvendo Competências no Gestor Público


 

OBJETIVOS

 

  • Identificar a responsabilidade do Gestor  Público no processo de gerenciamento em sua equipe e unidade de trabalho;
  • Instrumentalizar o participante para gerenciar, com base em   técnicas e ações concretas, buscando efetividade na causa pública.

 

PROGRAMA

 

  • Missão do Serviço Público: o que é? Para que serve? Quem a conhece?
  • Auto Conhecimento: fator de crescimento e autodesenvolvimento do Gestor Público
  • A Liderança Situacional: uma proposta de gestão democrática e coaching
  • Administrando conflitos eficazmente
  • Assertividade
  • Negociando com diferentes tipos e estilos de colaboradores e seus níveis de maturidade
  • Gestão do tempo: questão de planejamento e disciplina do gestor
  • Análise e Tomada de Decisão
  • Motivação e trabalho em equipe: a busca por TIMES de trabalho e não ILHAS
  • Comunicação estratégica: determinante para médio e longo prazo da gestão

 

METODOLOGIA

 

  • Exposição com participação da sala
  • Dinâmicas de grupo
  • Exercícios simulados
  • Processamento de análise de filmes

 

CARGA HORÁRIA: 20 horas.

Relacionamento Interpessoal e sua Importância


 

OBJETIVOS

 

  • Sensibilizar os participantes para os aspectos de relacionamento interpessoal que interferem na eficácia profissional.
  • Preparar os participantes para negociarem com os diferentes tipo de pessoas
  • Desenvolver comportamentos eficazes para relações saudáveis

 

Programa

 

  • Os novos cenários e a empresa.
  • A importância de trabalhar de forma interdependente.
  • Visão sistêmica dos processos administrativos.
  • Trabalhando em equipe para atingir os resultados – Gestão por Resultados.
  • Estágios de evolução da equipe.
  • Papéis individuais, responsabilidades e suas contribuições.
  • Como desenvolver equipes eficazes.
  • O que é relacionamento interpessoal e sua importância.
  • Relacionamento interpessoal e os diferentes estilos.
  • Vivência.

 

Metodologia

 

Expositivos trabalhos de grupo, autodiagnóstico, dinâmica de grupo e  análise de filmes.

 

Carga Horária: 8 horas

Mudança Profissional


 

Ela é uma constante no dia a dia, exigindo que cada pessoa se avalie constantemente, em função das mudanças organizacionais e com foco na obtenção de resultados. Desta forma, há uma evolução natural.

 

  • Sensibilizar oa participantes para a mudança.
  • Enfocar a mudança como estímulo para o crescimento pessoal e profissional.
  • Plantar a semente que levará à obtenção de resultados para a Empresa.
  • Intensificar a integração entre Gestores.

 

PROGRAMA

 

  • Mudança
  • Integração
  • Resultado
  • Co-responsabilidade

 

Metodologia

 

Vivencial com dinâmicas de grupo.

 

Carga Horária: 8  horas.

Gerenciamento de Projetos


 

 OBJETIVOS

 

  • Proporcionar uma abordagem mais sistemática do Gerenciamento de Projetos;
  • Revisar os principais conceitos envolvidos no Gerenciamento de Projetos;
  • Desenvolver a competência para planejar as ações;
  • Potencializar o trabalho de equipes multidisciplinares;
  • Habilitar os participantes no uso das ferramentas de gestão de projetos.

 

PROGRAMA

 

  • o cenário ( o por quê do gerenciamento de projetos)
  • um breve histórico do Gerenciamento de Projetos
  • os benefícios de uma abordagem sistemática
  • a conceituação de projeto enquanto um empreendimento
  • tipos de projetos
  • o ciclo de vida e as fases do projeto (concepção, detalhamento/planejamento, execução/controle e avaliação)
  • os principais itens da fase de concepção (produto do projeto, clientes, objetivos, limitações, exclusões, estratégias de implementação, custo/benefício, riscos, etc.)
  • a importância e as características dos objetivos claramente definidos
  • as etapas/passos da fase de detalhamento/ planejamento
  • apresentação e discussão dos principais conceitos e instrumentos da fase de planejamento  (WBS – Work Breakdown Structure, quadro de sequenciação, OBS -Organization Breakdown Structure, rede lógica, PERT/CPM, gráfico de GANTT, etc.)
  • o plano de qualidade
  • o conceito de controle
  • a administração das mudanças nos projetos
  • o controle de custos
  • a análise de riscos
  • as armadilhas que podem ocorrer  na gestão de projetos e  como evitá-las
  • considerações sobre os sw de apoio para o Gerenciamento de Projetos
  • o gerenciamento da equipe
  • a motivação da equipe
  • o papel do gerente de projeto
  • o plano de comunicação
  • como vender a idéia

 

Ênfases

 

  • as vantagens de uma abordagem sistemática para qualquer nível de tamanho e complexidade de projeto;
  • sensibilizar os participantes da importância  do Gerenciamento de Projetos como efetiva ferramenta de trabalho;
  • instrumentalizar para a concepção e planejamento de projetos, tornando seu gerenciamento eficiente/eficaz, trabalhando com maior produtividade dentro da estrutura da empresa, capitalizando forças e talentos da equipe.

Após o término deste workshop os participantes terão todos os elementos necessários e suficientes para conhecer o que podem fazer (planejar) e também onde/como um sw auxilia no Gerenciamento de Projetos.

 

Metodologia

 

 Exposição dialogada e discussão das vivências, trabalhando com exemplos de projetos reais seguidos pelos integrantes do próprio grupo. Isto é, os participantes trabalharão com projetos reais, permitindo o entendimento das várias facetas que um mesmo conceito apresenta quando aplicado a diversos projetos, e auxilia na fixação do mesmo.

 

 

Carga Horária: 16 horas

Relações Interpessoais como Fator de Sucesso Profissional


 

OBJETIVOS

 

  • Entender o que é Relações Interpessoais como Fator de Sucesso Profissional
  • Refletir construtivamente sobre o papel do relacionamento na vida das pessoas e no resultado das organizações
  • Vivenciar as habilidades geradoras de relacionamentos eficazes e estabelecer um plano de auto-desenvolvimento
  • Desenvolver capacidade para trabalho em equipe, otimizando os resultados da área
  • Promover a integração dos servidores de uma mesma equipe

 

PROGRAMA

 

  • A complexidade do relacionamento humano
  • Fatores que influenciam um bom relacionamento
  • Percepção
  • Conceituação e armadilhas
  • A autopercepção: conhecer-se
  • A Comunicação: a base da interação humana
  • Conceitos e processos
  • O exercício da comunicação e do ouvir ativamente
  • Como processamos conteúdos e emoções
  • Discrepâncias entre comunicação verbal e não verbal – consequência
  • As mudanças no clima organizacional decorrentes da comunicação
  • A personalidade humana e a Comunicação Interpessoal
  • Os diversos estilos pessoais
  • As atitudes facilitadoras do bom relacionamento
  • Trabalho em equipe
  • Entender os estágios de desenvolvimento de um time
  • Os papéis dos integrantes
  • Diagnóstico das práticas de comunicação do time
  • Impactos da comunicação sobre a Interação Grupal e consequentemente seus resultados
  • Lidar com conflitos
  • Emoções, crenças e valores geradores de conflitos
  • Formas de administrar conflitos
  • O conceito de assertividade e sua aplicação
  • Desenvolver a comunicação assertiva
  • A importância do feed back nas Relações Interpessoais
  • O que é um feed back
  • Por que devemos dar e receber feed back
  • Por que é difícil dar e receber feed back
  • Mecanismos de defesas presentes no processo de dar/receber feed back
  • Plano de melhoria pessoal

 

 Carga Horária: 16 horas

Gestão do Tempo


 

OBJETIVOS

  • Refletir sobre a administração e aproveitamento do tempo
  • Entender a relação entre a otimização do uso do tempo e a própria organização
  • Fornecer indicações de como melhorar a própria eficiência no uso do tempo, considerando o próprio estilo pessoal
  • Fornecer indicações para a elaboração de um plano de ação para a melhoria do melhor aproveitamento do tempo comum.
  • Melhorar a produtividade própria e da Organização

 

Conteúdo

 

  • o cenário e seus reflexos na administração do tempo
  • a importância da variável tempo
  • as “doenças do tempo”
  • a administração do tempo versus a qualidade de vida
  • os tipos de tempo
  • a importância do respeito aos estilos das pessoas na administração do tempo
  • as vantagens de uma abordagem sistemática do tempo
  • os hábitos fundamentais para uma boa Gestão do Tempo
  • o planejamento do próprio tempo
  • como lidar com os compromissos, a rotina e, as ações de melhoria
  • os principais tipos de desperdiçadores de tempo
  • a determinação das prioridades
  • a importância do planejamento (metas, objetivos)
  • como estabelecer e gerenciar prioridades e manter o foco
  • a análise de situação como instrumento
  • como administrar os principais desperdiçadores de tempo
  • organização dos recursos para aumento da produtividade;
  • os 5Ss aplicados nos escritórios / trabalhos administrativos
  • a mesa de trabalho
  • a agenda
  • os arquivos: físicos e virtuais (lógicos)
  • o correio eletrônico
  • o telefone
  • a influência do ambiente na otimização do tempo comum
  • como aproveitar melhor os principais economizadores de tempo
  • como utilizar as reuniões de forma eficaz e voltada para resultados
  • os tipos de reunião
  • as etapas da reunião
  • principais atribuições do coordenador, participantes da reunião
  • como lidar com alguns perfis de participantes
  • como otimizar o tempo das reuniões

 

Ênfases

 

  • o respeito ao estilo pessoal de cada participante na administração do tempo, evitando as soluções “tamanho único;
  • uma visão atualizada e adequada para enfrentar os novos tempos;
  • predominância de uma aplicação prática imediata;
  • a relação entre a otimização do tempo e a própria organização

 

Metodologia

 

Exposição dialogada, utilizando  os exemplos dos participantes tanto para a parte mais conceitual como para a prática. É muito mais um workshop do que uma mera exposição do assunto. No final teremos indicações para a elaboração de um plano de ação individual para melhorar a administração do próprio tempo.

 

Carga Horária: 16 horas

Ética Corporativa


 

OBJETIVOS

 

  • Despertar no participante, uma percepção mais abrangente das condutas e comportamentos no ambiente organizacional.
  • Proporcionar ao participante, o contato com a Conduta, a Postura e a Ética no universo do trabalho, como pilares do sucesso profissional e na relação com clientes internos, externos e gestão.
  • Identificar o perfil psicológico (autoconhecimento), determinante para a manutenção de relações pessoais e interpessoais éticas, ajustadas e saudáveis.

 

PROGRAMA

 

Mudança: a única certeza estável no novo cenário das organizações

 

  • O mundo mudou. E o que é que eu tenho com isso? Sou protagonista, coadjuvante ou figurante?
  • As Megatendências: novas exigências e novas competências
  • O que o mercado procura nos seus colaboradores?
  • O que as organizações esperam dos seus profissionais?

 

Conduta, Postura e Ética: alguma diferença?

 

  • Conceituando o que é Conduta, Postura e Ética
  • Definindo Aético e Antiético
  • As Virtudes Humanas e a Ética
  • A diferença entre Dever Moral e Ética
  • Por que ser Ético?
  • A Consciência Ética dentro e fora das organizações: um posicionamento de cidadão dentro dos limites da empresa
  • As organizações e a evolução da questão Ética: os códigos e manuais de Conduta Ética
  • O papel da Ética na regulação dos relacionamentos empresariais: questão de destaque, visibilidade e responsabilidade social de todos

 

METODOLOGIA

 

Vivencial com dinâmicas, vídeos e exercícios. Conceitos teóricos modernos e práticos. Os treinandos serão levados a vivenciar situações que geram conflitos e analisar os pontos críticos de cada situação, dando feedback  positivo e criando alternativas positivas para essas situações.

 

As dinâmicas farão com que o grupo viva as situações difíceis e positivas, tirando grande aproveitamento para a vida pessoal e profissional.

 

CARGA HORÁRIA: 8  horas.

Desenvolvimento de Competências em Gestão


 

OBJETIVOS

 

  • Sensibilizar aos participantes para a necessidade do Desenvolvimento de Competências em Gestão
  • Proporcionar aos participantes, a possibilidade de exercer uma gestão ordenada e sistemática, voltada para resultados, considerando a realidade da organização, assim como, a dos clientes internos e externos.
  • Promover mudanças no atual estilo de gestão, na busca do desenvolvimento das competências e das habilidades necessárias.

 

PROGRAMA

 

As Competências básicas em uma gestão efetiva

 

– o novo papel do gestor-líder
– o desenvolvimento do processo do coaching
– o conhecimento do negócio, missão, visão e valores organizacionais da empresa

 

Desenvolvimento de Competências em Gestão

 

– competência técnica
– competência administrativa
– competência relacional

 

Competência Técnica

 

– como utilizar seu conhecimento técnico com os colaboradores

 

Competência Administrativa

 

– a prática do planejamento / estabelecimento de objetivos e metas compartilhadas (comunicação eficaz, administração do tempo, negociação: fatores determinantes)
– a prática do desenvolvimento e treinamento dos colaboradores
– o desenvolvimento do controle
– a realização da avaliação

 

Competência Relacional

 

– relações interpessoais eficazes e produtivas
– como desenvolvê-las?
– o processo de exposição e feedback

 

A Liderança Efetiva

 

– a Liderança Situacional: Delegar, Determinar, Persuadir e Compartilhar

– o novo papel do líder
– identificando talentos individuais

– considerando o nível de desenvolvimento dos liderados
– flexibilidade na utilização dos estilos de liderança
– como desenvolver a equipe de liderados tornando-a vencedora?

 

Motivação e Trabalho em Equipe

 

– a força motivadora do gestor nas equipes de trabalho
– motivação é comprometimento dos colaboradores
– como compreender o nível de necessidades dos colaboradores
– obtendo a excelência de desempenho

 

METODOLOGIA

 

As ações de treinamento serão caracterizadas por intervenções revezadas entre prática, reflexão (autoconhecimento), lúdicas e motivacionais que deverão levar os participantes a uma postura mais assertiva e efetiva na administração, condução e mediação no relacionamento com seus colaboradores.

 

Tais ações se caracterizam por exercícios, vivências, jogos, dinâmicas de grupo, cases e processamento de filme (s).

 

CARGA HORÁRIA : 20 horas

Equipes de Alta Performance


 OBJETIVO GERAL

Identificar e desenvolver comportamentos pró-ativos e de alta performance, numa proposta de sinergia grupal produtiva e participativa, buscando obter mais e melhores resultados das equipes.

OBJETIVO ESPECÍFICO

Oferecer condições adequadas para aumento da motivação da equipe

Proporcionar ao participante, o contato com as habilidades inerentes e necessárias para o trabalho em equipe.

PROGRAMA
  • Auto Conhecimento: determinante para o crescimento pessoal e profissional (Análise Transacional de Eric Berne)
  • As marcas das diferenças individuais como fator de sucesso das equipes
  • O que é Trabalho em Equipe? Quando trabalhar em Equipe?
  • O trabalho em Equipe numa perspectiva ampliada e socializada na busca de soluções e resultados comuns
  • Como administrar conflitos na equipe?
  • Quais são as Habilidades e Competências necessárias para uma Equipe de Alta Performance?
  • O encontro e a convergência das habilidades individuais com as habilidades da Equipe
  • Os resultados obtidos com Equipes multifuncionais: cooperação, comprometimento e satisfação
  • O dinamismo proposto pelo conceito da Liderança Situacional nas Equipes de Trabalho (Paul Hersey)
  • Visão Sistêmica: determinante para o conceito de TIMES nas equipes e não de ILHAS
  • Motivação e Trabalho em Equipe (Maslow)
METODOLOGIA

Exposição dialogada, dinâmicas de grupo, exercícios de autodiagnóstico e processamento de filme (s)

CARGA HORÁRIA: 16 horas

Mudança Profissional e Pessoal


Há na mudança profissional e pessoal, o desafio de obter resultados organizacionais.Havendo exigência de ter preparo para momentos de crise, visualizando uma real oportunidade de ser diferente, criando e inovando. Permite a participação de forma eficaz e assertiva, enfrentando esses momentos com proatividade.

 

OBJETIVOS

 

  • Enfocar a mudança como estímulo para o crescimento pessoal e profissional
  • Sensibilizar para a importância de serem assumidos novos paradigmas
  • Identificar a capacidade de obter soluções criativas em momentos de crise
  • Proporcionar aos participantes um conjunto de conhecimentos e técnicas
  • Obter comprometimento no processo de crescimento e desenvolvimento

 

PROGRAMA

 

  • As Megatendências: novas competências e novas exigências
  • O que é Mudança?
  • O mundo e suas mudanças
  • O preparo para mudar
  • O processo: agilidade e rapidez, uma proposta irreversível
  • Autoconhecimento e desenvolvimento: determinante para encarar os ventos da Mudança
  • Mudando de paradigmas: facilitadores e dificultadores
  • O fator RM – Resistência a Mudança: aspectos comportamentais (os vírus do comportamento)
  • Comportamentoa negativos
  • Desenvolvimento de atitudes positivas face à mudança
  • Resiliência: um novo olhar que transforma os recursos que dispomos para mudar
  • Motivação e Trabalho em Equipe: fatores determinantes na consolidação das Mudanças

 

 METODOLOGIA

 

  • Exposição com participação da sala
  • Exercícios de autoconhecimento
  • Trabalhos e dinâmicas de grupo
  • Processamento de filme (s)

 

CARGA HORÁRIA:  12 horas

Relacionamento Interpessoal e Conflitos


 

OBJETIVOS

Proporcionar ao participante, o contato com as habilidades e ferramentas necessárias para o estabelecimento de um relacionamento interpessoal mais efetivo, numa proposta que privilegie o autoconhecimento e o contato com os conflitos internos / externos, na busca de relações mais saudáveis, duradouras e éticas.

 

Prover o colaborador de habilidades e competências para adaptar-se a tempos de mudanças constantes e duradouras  no universo do trabalho e pessoal.

 

PROGRAMA

 

Relacionamento Interpessoal

 

  • Autoconhecimento: determinante para o crescimento pessoal e profissional
  • Dificultadores e facilitadores do processo de mudança
  • Administrando conflitos internos e externos
  • A relação de confiança: fator de sucesso da equipe
  • A Conduta, a Postura e a Ética nos relacionamentos pessoais e profissionais: questão de respeito, transparência e visibilidade de colaboradores / organização

 

Conflitos

 

  • Definição de Conflitos
  • Fontes geradoras de Conflitos
  • Tipos de Conflitos
  • Assertividade
  • O que é Assertividade?
  • Relacionando-se assertivamente com pessoas e posicionamentos

 

Comunicação

 

  • A Comunicação como processo
  • Como e por que nos comunicamos?
  • Desempenhando papéis que comunicam e se comunicam
  • A Comunicação interna e a projeção no mundo externo
  • A Comunicação Assertiva e Efetiva determinando a qualidade das relações interpessoais com o cliente interno e externo

 

Trabalho em Equipe

 

  •  O que são Equipes?
  •  A psicodinâmica das equipes de trabalho
  •  Como desenvolver e manter equipes de trabalho?
  •  Motivação
  •  A desmotivação e as equipes
  •  O Processo Motivacional nas equipes: uma proposta de TIMES e não de ILHAS

 

Cenário nas Organizações

 

  •  As Megatendências
  •  Novas exigências e novas competências

 

METODOLOGIA

 

Relacionamento Interpessoal tem uma metodologia ativa, participativa e tem como princípio básico a aprendizagem pela “ação”, ou seja, uma forma de aprendizagem com conhecimento imediato de resultados e aprendizagem operante.

 

Técnicas: dinâmicas de grupo, simulações, jogos dramáticos, estudo dirigido, discussão em grupo, exposições curtas dialogadas, discussão de cases, processamento de filme(s).

 

CARGA HORÁRIA: 16 horas.

Análise de Problemas e Tomada de Decisão


Tema: Análise de Problemas e Tomada de Decisão  

 

  • Análise de Problemas e Tomada de Decisão, um processo
  • Capacitar os participantes para o aumento do índice de acertos nas decisões;
  • Proporcionar aos participantes elementos para uma abordagem sistemática diante da priorização das situações, problemas e tomada de decisões do dia-a-dia;
  • Otimizar os recursos e prazos envolvidos na solução de problemas e, tomada de decisões;
  • Contribuir para a definição clara de responsabilidades na solução das várias situações.

 

Programa

 

 Análise de situações:

 

  • As preocupações.
  • Os passos para a análise da situação.
  • A identificação dos processos e variáveis envolvidos.
  • O uso e hierarquização de indicadores.
  • Os critérios para estabelecer prioridades racionalmente.
  • Os procedimentos de desmembramento.
  • O princípio de Pareto.
  • A escolha da técnica a ser utilizada.

 

Análise de problemas:

 

  • Os passos para solução do problema
  • O enunciado do problema
  • A determinação das causas do problema (análise dos indicadores)
  • As várias técnicas de identificação das causas
  • A formulação de hipóteses explicativas
  • A verificação das causas prováveis
  • O processo criativo
  • O uso de “gatilhos” para estimular a criatividade
  • As ações provisórias, adaptáveis e corretivas
  • A avaliação dos impactos e riscos da solução proposta

 

Metodologia

 

O treinamento será realizado na forma de um “workshop” onde os participantes serão distribuídos em subgrupos e, cada subgrupo irá focalizar uma determinada área (esta escolha fica por conta dos participantes).

 

Para cada conceito, técnica, ferramenta,  teremos  a seguinte seqüência:

 

  • Apresentação do conceito, técnica;
  • Imediata aplicação na área focalizada, permitindo identificar as eventuais dificuldades ou facilidades de uso, na aplicação no dia a dia e, na realidade da  Empresa;
  • Os “fechamentos” serão sempre com o grupo todo, aproveitando a sinergia do mesmo.

 

CARGA HORÁRIA: 16 horas

Indicadores de Desempenho


Indicadores de Desempenho, identificando as etapas.

 

A proposta é realizar o trabalho em três etapas:

 

  • análise dos tipos de  indicadores utilizados atualmente  pela organização/empresa;
  • workshop para os gestores;
  • coaching individual para os gestores;

 

A primeira etapa que faz parte da metodologia, é entender o que já está pronto e aproveitar o máximo possível, garantindo uma adequação dos trabalhos. A análise do Plano Estratégico da Empresa, realizada pelo consultor com os gestores designados.

 

Depois de entendido quais os indicadores e como estão sendo utilizados, será realizado um workshop com os gestores com os objetivos descritos abaixo.

 

Produtos do trabalho

 

Ao término das três etapas

 

Objetivos do workshop:

 

  • Operacionalizar a visão sistêmica da área (tratar a área como conjunto de processos)
  • Capacitar os participantes a entender, identificar, e aplicar indicadores para a boa gestão da própria área
  • Capacitar os participantes a controlar os resultados da área e identificar melhorias

 

PROGRAMA:

 

  • Tipos dos gestores em função da energia para atingir os objetivos
  • O desmembramento dos objetivos e metas
  • Os tipos de abordagem da gestão frente a melhorias e rotina (ações de melhorias e processos)
  • O conceito de processo e como aplicá-lo na própria área
  • O mapeamento dos processos
  • A melhoria / simplificação dos processos
  • As características dos processos redesenhados
  • O que são indicadores e alguns tipos
  • A importância do uso de indicadores
  • As principais características dos indicadores
  • Os tipos de indicadores e como usá-los
  • As famílias de medidas
  • As técnicas de priorização, como e quando usá-las
  • O conceito de controle
  • Os principais requisitos para um controle eficiente

 

Metodologia

 

O treinamento será realizado na forma de um “workshop” onde os participantes serão distribuídos em subgrupos e, cada subgrupo irá focalizar uma determinada área (a escolha da mesma fica por conta dos participantes).

 

Para cada conceito, técnica e ferramenta,  teremos a seguinte seqüência:

 

  • Apresentação do conceito e técnica;
  • Imediata aplicação na área focalizada, permitindo identificar as eventuais dificuldades ou facilidades de uso, na aplicação no dia a dia e na realidade da Empresa;
  • Os “fechamentos” serão sempre com o grupo todo, aproveitando a sinergia do grupo;

 

Para uma maior flexibilidade e garantir a presença dos participantes, podemos dividir o conteúdo em três encontros, totalizando 16 horas de treinamento “em sala”.

 

No final de cada encontro serão deixadas questões relativas ao conteúdo analisados no encontro (pontos que cada participante deverá focalizar da própria área, por exemplo: indicadores de produtividade, qualidade, capacidade, etc.) para serem feitos até o encontro seguinte. A discussão individual das questões não está incluída nas 16 horas.

 

Estas discussões serão feitas durante a terceira etapa em encontros individuais de coaching.

 

Carga horária

Primeira etapa:  8 horas

Segunda etapa: 16  horas

Terceira etapa: em média, 8 horas por participante.

Desenvolvimento de Líderes na Gestão Pública: Programa Modular


Desenvolvimento de Líderes na Gestão Pública é uma exigência da modernização que está acontecendo nos Governos Municipais, Estaduais e Federais. Havendo Líderes preparados, os resultados acontecerão, trazendo mais visibilidade a cada Órgão e Governo.             

                         

 Desenvolvimento de Líderes e equipes eficazes: Modulo I

Carga Horária: 16 h

 

Objetivo

 

Desenvolver comportamentos eficazes em liderança, considerando a inteligência e a competência das relações interpessoais, numa proposta de efetividade das equipes.

 

Programa

LIDERANÇA

Ÿ

Crescimento e o Desenvolvimento dos Liderados: papel fundamental  do Líder

Ÿ Como obter a Eficácia da Liderança numa Gestão por Processo

 

AS COMPETÊNCIAS PARA A LIDERANÇA

 

Ÿ Competências necessárias para o Exercício da Liderança

Ÿ A utilização da Competência Emocional na prática

Ÿ A Competência Emocional de Equipes e Líderes na obtenção de Indicadores

 

A COMPETÊNCIA DAS RELAÇÕES INTERPESSOAIS

 

Ÿ Descobrindo o Potencial de Motivação das Equipes

Ÿ A Análise  da Qualidade das Relações Interpessoais entre Líderes e Equipes

Ÿ A Motivação e o Estímulo do Liderado no alcance de seus Indicadores de Resultado

 

OS ESTILOS DE LIDERANÇA E A COMPETÊNCIA EMOCIONAL

 

Ÿ Identificação de estilos de Liderança Eficazes

Ÿ Como Desenvolver um Plano de Ação para a Melhoria de Resultados na Liderança Efetiva

Ÿ Estabelecendo Contrato de Feedback com seus Colaboradores

 

Metodologia

 

Exposição dialogada com participação; Exercícios, Jogos e Dinâmicas de grupo; Vivências dramáticas; Filmes

 

 

Elementos da Administração: Planejar, Organizar, Coordenar, Liderar, Controlar (POC 3): Módulo II

Carga Horária: 16h

Desenvolvimento de Líderes na Gestão Pública  fortalece as reais atividades de um Líder. 

 

Objetivos

 

Ÿ Identificar as famílias de atividades de um gestor (planejar, organizar, liderar, coordenar, controlar).

Ÿ Revisar a importância do planejamento da própria área

 

Programa

 

Ÿ  O que é uma abordagem sistemática e suas vantagens

Ÿ  As famílias de atividades do gestor

Ÿ  O conceito de planejamento e suas características

Ÿ  Os conceitos de importância e urgência

 

METODOLOGIA 

 

Todas as discussões de conceitos serão exercitadas sobre exemplos práticos  apresentados pelos participantes. Esta metodologia favorece a aplicação dos conceitos e técnicas aprendidas no dia a dia dos participantes. Durante todo o treinamento estaremos trabalhando com o contexto apresentado pelos participantes.

Feedback Eficaz


Feedback Eficaz faz com que as pessoas melhorem seu desempenho e alcancem seus objetivos, a partir da identificação dos seus pontos fortes e dos que devem ser aprimorados, tanto no profissional como pessoal; com entendimento que Feedback é o retorno da percepção sobre um comportamento.

 

 

Objetivos do Feedback Eficaz

 

 

 

Refletir sobre a importância do momento do feedback para o desenvolvimento pessoal e profissional;
Prover embasamento conceitual e vivencial que dê suporte na hora de dar e receber feedback;

Mostrar que o feedback é um processo e que deve ser cuidado desde sua preparação;

Fornecer técnicas e ferramentas que aumentem a eficácia do feedback;

Desenvolver habilidades para dar e receber feedback;

Realizar exercícios simulados para exercitar o feedback.

 

Programa

 

Comunicação eficaz

Conceitos de Comunicação

Janela de JOHARI ( ferramenta de auto-conhecimento que ajuda no relacionamento interpessoal)

Estilos comportamentais

Percebendo e entendendo as diferenças individuais

Percepção e confiança

Empatia e assertividade na gestão de conflitos

O que é feedback

Tipos de feedback

Como realizar o processo de feedback

Como lidar com as reações do outro

Feedback de reconhecimento

Mudança

Exercícios de Simulação

 

Metodologia do Feedback Eficaz

 

O Treinamento  Comportamental e Atitudinal possuem abordagens diferenciadas agregando valor ao processo de aprendizagem e desenvolvimento do capital intelectual, à medida, em que a expertise do Workshop, subsidia a aplicabilidade dos conteúdos conceituais, cases, filmes, dinâmicas de grupo e exercícios em sala. Nossa metodologia desperta nos participantes maior comprometimento e resultados.

 

 Carga Horária: 8:00h

Habilidades de Negociação


Tema: Habilidades de Negociação

 

No mundo atual é uma necessidade primordial que todos os profissionais estejam preparados para negociar, de tal forma que as decisões alavanquem  os resultados esperados por sua Organização.

 

Objetivos

 

Desenvolver as habilidades de negociação necessárias para obter resultados positivos nas negociações

Permitir aos participantes vivenciar as habilidades de negociação e percepção do interlocutor nos diferentes aspectos profissionais e pessoais.

Fornecer ferramentas e estratégias para a uma negociação eficaz.

 

Conteúdo

 

–  A negociação como habilidade de relacionamento interpessoal e fator de sucesso.

–  Habilidades necessárias para a eficácia da negociação.

– Tipos de negociação e seus rituais

– Os estilos e tipos de negociadores.

– Inteligência Emocional e negociação

– A percepção e sua importância na negociação.

– Posturas e climas para obtenção de resultados ganha-ganha

– Planejamento e preparação da negociação

– Abertura e construção de vínculos favoráveis (neurolinguística)

– Identificação dos  pontos de interesse na negociação

– Ténicas para apresentação das propostas a serem negociadas

– Como trabalhar com as concessões

– Técnicas para superar objeções e impasses

– Dicas para evitar os erros comuns em negociação

–  As diferentes táticas e manobras.

 

Metodologia

 

O Treinamento  Comportamental e  Atitudinal possuem abordagens diferenciadas agregando valor ao processo de aprendizagem e desenvolvimento do capital intelectual, à medida, em que a expertise do Workshop, subsidia a aplicabilidade dos conteúdos conceituais, cases, filmes, dinâmicas de grupo, exercícios em sala, instrumentos de autoavaliação, simulações de negociação com feedback orientativo Nossa metodologia desperta nos participantes maior comprometimento e resultados

 

Carga-Horária: 16 horas

Análise Transacional na Liderança – O Líder Espelho


Tema: Análise Transacional na Liderança – O Líder Espelho

Objetivos

Debater conceitos básicos relativos a crenças, valores, paradigmas, processos, comportamentos pessoais e as atitudes mais adequadas aos novos estilos de Gestão de Alto Desempenho/Performance, através do autoconhecimento e do Líder como exemplo, espelho;
Perceber o impacto do comportamento do líder na gestão de pessoas com aplicação dos conceitos da Análise Transacional – AT, voltada para as organizações e não terapêutica; Inteligência Emocional – IE, Inteligência Espiritual, Inteligência Mercadológica, entre outras, como apoio no desenvolvimento pessoal e profissional;

Administrar os conflitos e os fatores que interferem no desenvolvimento pessoal e profissional, de maneira positiva para o bom relacionamento interpessoal e gestão de pessoas;

Respeitar as diferenças pessoais e adotar uma atitude de cooperação e ajuda mútua;

 

Analisar a interrelação entre a qualidade no processo da comunicação e o papel do Líder entusiasmado e empreendedor;

 

Potencializar a habilidade de comunicação seja na expressão verbal/oral, ou na expressão não verbal e comportamento.

Programa

Liderança, pressão e stress

Mudanças que ocorreram no mundo globalizado, nas empresas e que influenciaram nossa vida pessoal e postura profissional da liderança

O poder da Inteligência Emocional (IE) nas organizações;

Negociando o tempo todo usando a flexibilidade;

O compromisso das pessoas (time) x filosofia da empresa.

Análise Transacional – AT na Liderança – O Líder Espelho

Aplicação dos conceitos de AT e sua importância para o desenvolvimento e sucesso dos gestores com aplicação na vida pessoal e profissional;

Como usar a AT como aliado na liderança e na era dos “autos”: autodesenvolvimento, autoconhecimento, autogestão, automotivação, autoestima, autocontrole, autorrealização e a contribuição dela no aperfeiçoamento de várias competências para atuais exigências do mercado competitivo e globalizado;

Aplicação de um teste de autoconhecimento sobre os Estados de Ego da Análise Transacional – AT, com realização de exercícios de fixação em equipe e autorreflexão dos perfis;

Análise dos resultados de alguns gráficos de participantes que oferecem espontaneamente seus resultados.

Atitudes e Valores

O poder das crenças/atitudes para o líder;

QS (Inteligência Espiritual), a competência presente no mundo dos negócios e que fará a diferença na liderança nesta década;

A nobreza de ser um líder exemplo;

A ética e o respeito ao ser humano como atitudes primordiais.

Comportamento do líder

A relação atitudes x comportamentos;

Os comportamentos como exemplo/modelo;

Não esqueça: o corpo fala;

Aparência; postura corporal; voz; expressividade facial e o poder do olhar. O “saber ouvir” e respeitar;

Estágios da mudança de comportamento e os ciclos das angústias;

Lembre-se: Sair da Zona de conforto gera desconforto, porém, na maioria dos casos é uma oportunidade de mostrar seu potencial, escrever sua história e deixar sua marca registrada como líder.

Gerenciamento dos Conflitos Intra e Interpessoais

Mudanças pessoais e empresariais: na Ameaça, Dor ou Ambição?;

Você anda ouvindo, muito, sua hiena interior?;

Tem exercitado diálogo interno para domar sua hiena interior?;

Convivência com pessoas de personalidade/temperamentos fortes;

Conviver com a pressão e o stress, faz parte do mundo dos negócios;

Respeitar as diversidades, incentivar a ousadia e suas influências nas metas;

Conflito, a matéria-prima para gerar inovação e criatividade;

As regras básicas do consenso para aumento do desempenho das Equipes.

Trabalho em Equipe e Relacionamento Interpessoal

O perfil do gestor de alta performance e a realidade de mercado, que busca profissionais que tenham o QE – (Quociente Emocional) e Inteligência Emocional (IE) desenvolvido;

Eficácia na gestão como fator de competitividade e sobrevivência;

Adaptar as mudanças e enfrentar desafios gera oportunidades de crescimento profissional e pessoal;

Comunicação e Feedback como aliado nas relações interpessoais.

Motivação e Planejamento Pessoal e Profissional

O Ser Humano na era dos autos: Você está automotivado para o controle do stress? Familiar; Desenvolvimento Profissional; Educacional; Social; Espiritual; Qualidade de Vida…;

Como está seu PIC? (Plano Individual de Carreira) descrito em plano: Onde estou? Para onde vou? E onde quero chegar?;

Roda das Competências Essenciais da empresa; (opcional);

O profissional do passado não será o de hoje, o de hoje não será o de amanhã… se não mudar de atitudes e comportamentos.

Potencializando Habilidades Gerenciais

Resiliência: a competência essencial da liderança;

O que é Resiliência e como desenvolvê-la?;

Mapeando seu PIC em busca da Resiliência;

Visão sistêmica x desenvolvendo de equipe de alto desempenho e/ou performance;

A necessidade de se desenvolver a visão sistêmica para solucionar os problemas cotidianos;

A importância da continuidade no desenvolvimento de habilidades multifuncionais importantes para o sucesso do líder.

Aprendendo a Aprender  

A Trilogia do desenvolvimento das inteligências (QI, QE e QS);

Aplicação da Roda de Competências x os “GAP’s”  a serem desenvolvidos;

Afinal, quais são as competências essenciais para ser um líder dentro da organização que você está hoje.

Assumindo a Liderança de Equipes na sua Trajetória Organizacional

Ser exemplo é a base do desenvolvimento de equipe de alto desempenho/performance;

Capacidade de integrar novos funcionários ao time e demitir;

Potencializando as habilidades das equipes pelas gerações: Baby Boomers, X, Y e Z;

O poder x autoridade no ambiente organizacional;

Valorizar o desenvolvimento do Capital Humano;

Expandindo suas habilidades para aplicação em equipes;

Diferença no Brasil entre equipe de Auto Desempenho e Alta Performance.

Modelos de Líderes “Espelhos”

Técnicas de Psicodramas aplicadas de forma interativa junto aos gestores, que responderão sobre perfis dos lideres “espelhos” com debates sobre os melhores estilos a espelhar, etc. Afinal, cada líder é um espelho para sua equipe. E você como líder, como está sua imagem hoje? Como quer ser visto amanhã? Qual imagem/exemplo quer deixar gravada durante sua trajetória profissional e pessoal?

Metodologia

Os tópicos acima são sugestões que compõem os conteúdos expositivos de alguns programas voltados para gestores e supervisores. Durante a customização o consultor aborda detalhes dos tópicos, podendo excluir, substituir e/ou acrescentar outros que a empresa queira abordar.

Como apoio serão inclusos recursos de áudio/vídeo, dinâmicas, feedback, exercícios práticos, entre outros que tornam o programa mais interativo e atrativo.

Carga horária: de acordo com a quantidade de tópicos escolhidos acima que serão inclusos no Programa, sendo para 8h00 ou 16h00.